SONHO DO POETA

25/02/2012 00:42

 

Não há beleza mais sublime que a vida ser levada com as cores da poesia, transformando cada detalhe da criação em arte.

Portanto, que façamos arte, esta semana, em nossas vidas.

Uma ótima nova semana para todos.

 

 

SONHO DO POETA

 

Da beleza que falam os poetas

A maneira como veem o mundo

Não vislumbro nada mais bonito

Nem imagino nada mais profundo

 

Nas palavras, o âmago das flores

Do amor, falam com verdade

Exprimem com beleza o sofrimento

Pendores de pura liberdade

 

De cores, pintam os seus versos

Palavras sem tinta dão colorido

Há sentimentos e lagrimas no ato

Expondo seu coração sofrido

 

Falam da chuva, do sol e da maré

Da brisa, do nascer e por do sol

Veem a vida com os olhos da alma

Quantas vezes revivendo a ilusão

 

Seus versos, choram no silencio

Por solidão, amargura e dor

Quantas vezes choram por doçura

De ver desabrochar a linda flor

 

Sentimentos sem fronteiras

O seu falar é ato de viver

Por não suportarem as injustiças

Buscam um novo amanhecer

 

Declamam, ao vento, o amor perdido

O arco-íris é apêndice de Deus

Gritam a dor do homem oprimido

Como se todos fossem filhos seus

 

Não há beleza mais sublime

Que o poeta cantando os seus versos

As flores derramam seus perfumes

Preenche a solidão do universo

 

Ante a beleza da diva, estremece

Aos beijos, cativa os filhos seus

A tudo rega, com gentil ternura

Pois, são para ele, faces de Deus

 

ACA

Facebook Twitter More...