VIOLÊNCIA

31/07/2011 16:53

Mais uma semana, mais uma série de oportunidades de aprendizado. Mais momentos pela busca da paz, e a poesia é um excelente começo.

Uma boa semana para todos.

 

 

 

 

VIOLENCIA

 

Mais uma vez o homem sofre

A verdade é novamente desmentida

alguns chegam à liberdade

provocado, no êxodo incontido

 

No oriente, a matança desumana

Em nome de deuses duvidosos

Destruindo as cidades em progresso

Mulheres, crianças e idosos

 

Assassinatos são banais nas Américas

Terras das aspirações do passado

Que se prendem nas correntes da miséria

Por caciques, nos demônios inspirados

 

Ditaduras de esquerda e direita

Que corrompem a alma das nações

Pois vontade tem de ser libertas

Impedidas por abutres e falcões

 

África rasgada nas entranhas

Não deixas respirar teus pobres povos

Que mal fizeste a toda a humanidade?

Tão agredida por filhos e por lobos.

 

Povos nobres, em sua humildade

Transformados em dejetos da miséria

Que quanto mais sofrem, glorificam

Os anseios de pura liberdade.

 

Sol nascente, rara e bela estirpe

Quanto Deus te deu de humanidade

Que deixas perdida no caminho

A água do saber desperdiçada.

 

Por isso, também sofres os horrores

Teu povo faminto e maltrapilho

Se somando ao resto dos mortais

Na diáspora, ao longo do cominho.

 

ACA

Facebook Twitter More...